Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Vem ver os brasileiros indicados ao Grammy Latino…

20170926084442798667i

naVitoria, Tiago Iorc e Marília Mendonça são alguns dos nomes brasileiros indicados nas diversas categorias do Grammy Latino. O anúncio dos indicados, que seria no dia 16 de setembro, mas foi adiado devido a terremoto no México, aconteceu nesta terça-feira (24). A entrega do 18º Grammy Latino acontece no dia 16 de novembro.

Iorc e AnaVitória aparecem em duas listas. Eles disputam separadamente pelo “Melhor álbum de pop contêmporâneo” com seus discos, e aparecem juntos na torcida pela música “Trevo”, que gravaram em parceria, na categoria Melhor Canção de Língua Portuguesa.

Já Marília Mendonça aparece na categoria Melhor Álbum de Musica Sertaneja, concorrendo com Daniel, Day e Lara, Luan Santana e Simone e Simaria.

Alguns artistas brasileiros ainda aparecem em categorias que não são exclusivamente nacionais. É o caso de Emicida & Rael, que aparecem na lista de “Melhor Canção ‘Urban'” com “A Chapa é quente”; e de Nando Reis, que disputa com seu disco “Jardim – Pomar” o posto de “Melhor álbum de rock ou de música alternativa em língua portuguesa”.

“Despacito” aparece em quatro categorias: Gravação do Ano, Canção do Ano, Melhor Fusão/Interpretação Urbana e Melhor Vídeo Musical Versão Curta.

O nome de Maluma aparece em várias indicações. Em “Gravação do Ano” ele concorre com a música “Felices los 4” e também com seu feats com Shakira em “Chantaje” e com Rick Matin em “Vente Pa’ca”. Em “Canção do Ano”, aparece novamente com as três faixas. Além da indicação de “Chantaje” como Melhor Fusão/InterpretaçãoUrbana.

O nome de Shakira também aparece em diversas categorias: Gravação do Ano, Canção do Ano e Melhor Fusão/Interpretação Urbana com “Chantaje” (parceria com Maluma); Álbum do Ano e Melhor Álbum Pop Vocal Contemporâneo com “El Eldorado”; e Melhor Canção Tropical com “Deja Vu” (parceria com Prince Royce).

Veja categorias com brasileiros indicados:

Melhor canção em língua portuguesa

  • “Noturna (Nada de Novo na Noite)” – Marisa Monte, Silva & Lucas Silva – compositores (Silva com Marisa Monte)
  • “Pé Na Areia” – Cauique, Diogo Leite & Rodrigo Leite – compositores (Diogo Nogueira)
  • “So Posso Dizer” – Nando Reis – compositor (Nando Reis)
  • “Trevo (Tu)” – Ana Caetano & Tiago Iorc – compositores (AnaVitória Featuring Tiago Iorc)
  • “Triste, Louca Ou Má” – Francisco, El Hombre – compositor (Francisco, El Hombre)

Melhor álbum de música sertaneja

  • “Daniel” – Daniel
  • “(…)” – Day & Lara
  • “1977” – Luan Santana
  • “Realidade Ao Vivo Em Manaus” – Marília Mendonça
  • “Live” – Simone & Simaria

Melhor álbum de pop contemporâneo de musica portuguesa

  • “AnaVitória” – AnaVitória
  • “Boogie Naipe” – Mano Brown
  • “Troco Likes Ao Vivo: Um Filme De Tiago Iorc” – Tiago Iorc
  • “Tudo Nosso” – Jamz
  • “A Danada Sou Eu” – Ludmilla

Melhor álbum de rock ou de música alternativa em língua portuguesa

  • Brutown” – The Baggios
  • “Aventuras II” – Blitz
  • “Boca” – Curumin
  • “MM3” – Metá Metá
  • “Jardim – Pomar” – Nando Reis

Melhor álbum de samba/pagode:

  • “+ Misturado” – Mart’nália
  • “Na Luz Do Samba” – Luciana Mello
  • “Alma Brasileira” – Diogo Nogueira
  • “Delírio No Circo” – Roberta Sá
  • “Samba Book: Jorge Aragão” – Varios Artistas

Melhor álbum de música popular brasileira

  • “Dos Navegantes” – Edu Lobo, Romero Lubambo, Mauro Senise
  • “DNA Musical” – Alexandre Pires
  • “Silva Canta Marisa” – Silva
  • “Até Pensei Que Fosse Minha” – António Zambujo
  • “Zanna” – Zanna

Melhor álbum de música de raízes brasileiras

  • “Batom Bacaba” – Patricia Bastos
  • “No Embalo Do” – Pinduca
  • “Canta O Nordeste” – Trio Nordestino
  • “Ascensão” – Varios Artistas
  • “Ao Vivo – Melodias Do Sertão” – Bruna Viola
  • “Chamamé” – Yangos

Produtor do ano

  • Eduardo Bergallo
  • Eduardo Cabra
  • Moogie Canazio
  • Hamilton De Holanda, Marcos Portinari, Daniel Santiago
  • Armando Manzanero

Melhor projeto gráfico de um álbum

  • El Orisha De La Rosa
  • Na Medida Do Impossível Ao Vivo No Inhotim
  • Pirombeira
  • Sol
  • Três no Samba

Melhor álbum de música cristã (língua portuguesa)

  • “Acenda A Sua Luz” – Aline Barros
  • “Piano E Voz, Amigos E Pertences 2” – Paulo César Baruk & Leandro Rodrigues
  • “Ao Vivo Em Israel” – Fernanda Brum
  • “Clareou” – Padre Fábio De Melo
  • “Incomparável” – Bruna Karla
  • “Memórias” – Eli Soares

Melhor álbum de jazz latino/jazz

  • “Hybrido / From Rio To Wayne Shorter” – Antonio Adolfo
  • “Bajo Mundo” – Oskar Cartaya
  • “Dance Of Time” – Eliane Elias
  • “Mr. EP – A Tribute To Eddie Palmieri” – Charlie Sepúlveda & The Turnaround
  • “Típico” – Miguel Zenón

Melhor álbum instrumental

  • “Joined” – Cesar Camargo Mariano Featuring Rudiger Liebermann, Walter Seyfarth & Benoit Fromanger
  • “Spain Forever” – Michel Camilo & Tomatito
  • “Conversations With Vladimir Stowe” – Gustavo Casenave
  • “Origen” – Daniel Minimalia
  • “El Tren” – Luis Salinas

Melhor álbum de música “Urban”

  • “Big Yauran” – J Álvarez
  • “El Círculo” – Kase.O
  • “Rap Komunion” – Arianna Puello
  • “Coisas Do Meu Imaginário” – Rael
  • “Residente” – Residente

 

(fonte: G1)

Deixe seu comentário:

Curta no social

Menu

Curta a Super no Face

Redes sociais

CONFERE AÍ: